quinta-feira, 3 de maio de 2018

Shiuuuu.03.09



Ambas sofremos com a nossa relação, culpa minha, mas arrependo-me profundamente de todos os erros que cometi. 
Fomos duas jovens na descoberta daquilo que era a vida... daquilo que era amar verdadeiramente alguém pela primeira vez. Sim, foste o meu primeiro grande amor, a mulher a quem me entreguei pela primeira vez, com quem vivi momentos de descoberta, loucura e de revelações que jamais irei esquecer, nem tu seguramente. Ainda me recordo do nosso beijo de despedida e do quanto doeu perceber que se tratava disso mesmo... de um adeus. Um adeus até estas palavras. Mas nada é para sempre, como me dizias vezes e vezes sem conta, e apesar de na altura detestar essas palavras, hoje dou-te toda a razão. Pensei que jamais voltaria a amar de verdade, mas a vida surpreendeu-me e espero que sejas uma mulher feliz também e realizada profissionalmente. Só quero que saibas que farás sempre parte de mim com muito mas mesmo muito carinho.

Até sempre ***

2 comentários:

Sara vaqueiro disse...

☹️ história triste ....

Anónimo disse...

Esta necessidade de dizer que se está bem e se encontrou outra pessoa não bate certo com o resto do texto. Não parece que a autora esteja com este assunto tão arrumado como diz estar.