quarta-feira, 27 de abril de 2016

Shiuuuu.27.11




Nuno,
Foste frio , cruel e acima de tudo um ser completamente insensível...
Doeu tanto, mas tanto ler o que me escreveste.
Não deves ter noção do que escreveste.
Não quero acreditar que tenhas.
Doí.. saber que para ti fui aquilo...
Doí saber que não consegues sair dessa barreira e deixar as nuvens.
Foste alguém especial, não imaginas o quanto
Também nunca te disse:
Venerei-te...
Tiveste-me...
E no fim senti-me apenas uma corpo...
Coisas que foram ditas que continuam a martelar na minha cabeça...
Coisas que vi que não me saem da cabeça...
Peço desculpa por algo que tenha dito menos bom...
Serás sempre o meu segredo que ficará guardado e que ninguém, mas ninguém saberá....
Sei que não gostas da palavra saudade, sei o que ela significa para ti...
Mas sim tive-as tenho-as e engoli-as sempre.
Conheceste um lado de mim que poucas pessoas conhecem ...
E acho que isso te assustou...
E não entendo o teu fugir..
Um dia disseste-me que quando é assim foges covardemente, foi isso não foi?
Tu não és assim...
Não foste capaz nem por um segundo de pedires desculpa e admitir o que disseste...
Não foste...
Doí  nem haver um pedido de desculpa...
Doí o não ligares para falarmos... (falar é diferente de escrito)
Sinto e sei que vais permanecer cá dentro que ficaras sempre cá .
Ficarei triste e preocupada quando pressentir ou souber que não estás bem ...
Fui feliz quando nos rimos, nas nossas brincadeiras, nas nossas conversas, nas nossas partilhas, nos nossos momentos tão nossos e só nossos.
Cuida-te, por favor. Cuida de ti.
Gosto de ti como sinto, como os meus dedos escrevem como a minha pele sente e como as lágrimas que correm sentem.
Gosto de ti ... (talvez este sentir e gostar seja de uma louca, mas se for considero-me louca e não me importo de o ser, talvez este seja o meu segredo)
E como já te disse uma vez...
Gosto do gosto de gostar de ti...
Gosto do que sinto por ti...
Do que despertas em mim...
Do sorriso que me provocas ...
Sinto-te...
Beijo-te.

Sem comentários: